Olá, obrigada pela visita

Se gostar SIGA, comente, sugira, critique, elogie, indique e volte sempre!

16 de jan de 2011

FASHION RIO - DESFILES - resumo 2o. dia

O 2o. dia de desfiles do fashion rio inverno 2011, já vem bem misturado de ursinho de pelúcia a a tricô mais pesado, Com uma unanimidade em quase todos os pés, os sapatos oxford.

A 1a. a desfilar é a Acquastudio:

A grife na cartela de cores o gelo, o camel, a prata, o grafite e o preto. A estilista Esther Bauman realizou um minucioso trabalho de pesquisa e de desenvolvimento de matérias-primas diferentes. Tivemos looks com  a lã, a organza estampanda e crinol em pregas, espirais e formas arquitetônicas. Em uma parceria com Fernando Pires, a marca lança um modelo mocassim com solado de borracha, confeccionado em lã. O clima futurista demarcava a fragilidade humana diante da metrópole



Beleza: Robert Estevão. 
Que buscou inspiração na cultura punk, olhos esfumaçados pretos com glitter azul e nos lábios, batom nude. Para o penteado, cabelos presos, criando um volume na parte frontal, fazendo um topete.


  

A 2a. a desfilar é a Maria Bonita Extra.


Tendo o trabalho esportivo, por trás da dança, como o tema dcoleção inverno. Unindo moda e esporte. Um desfile marcado pela delicadeza e feminilidade.com roupas  Peças fluídas, camadas de tule, brilhos encobertos, seda em moulage (amarrações sem costura), lã, malha, moletom, mesclado com organza, tricô de lã angorá, tricot. Meias 3/4. A paleta de cor vem com  marrom, azul e rosa. Pontos de luz no amarelo, verde e vermelho, principalmente nas sapatilhas que se destacavam e remetiam as aulas de balé. Detalhes com pele. Este ano o brinde tradicional do bloquinho oferecido a plateia, foi substituído pelo pen drive (sustentabilidade). Falta resolver o caso da pele.



Beleza: Daniel Hernandez
Máscara nos cílios superiores e inferiores, lápis preto esfumado bem de leve no canto externo do olho (é só fazer um V deitado no cantinho externo da pálpebra móvel e depois esfumar com a “borrachinha” do próprio pincel), traçado preto também no canto externo e na linha d’água, lápis branco. Iluminador no osso da bochecha e também, de leve, no osso do nariz. Gloss na palpebra. Na boca, um batom rosinha discreto.

  
A 3a. a desfilar é a Giulia Borges. 

A estilista se inspirou no trabalho Hanpanda ("half-panda-half-something else") da artista japonesa Nagi Noda. então trouxe a mistura de animais e padronagens e cores diferente. As peças de alfaiataria com cores fortes em formas amplas, marcadas por cintos deslocados e botões grandes (bijoux). Poás peludos e pied-de-coq com pinta de animal print foram o toque descontraído de casacos e vestidos. A cartela de cores trouxe uma floresta com as cores preto, branco, verde-bandeira, laranja e camelo.


Beleza: Daniel Hernandez, 
Que assina a beleza, apostou em trança e olhos coloridos de sombras verde e roxa em tons, boca apagada e não há blush nem rímel. Trança e make colorido para o desfile de Giulia Borges. T



A 4a. a desfilar é a Coven. 

A cartela de cores trouxe o principalmente o preto e o branco, mas o rosa brilhante, o azul, o verde aceso e os xadrezes também brilharam. A mistura de tecidos e formas simples deu destaque a franjas, que apareceram em detalhes em muitas peças. A coleção foi criada em cima de referências da artista plástica Louise Bourgeois e de Coco Chanel. a tecelagem utilizada teve o lurex, o flamé, o bouclé e o chenille.





Beleza: Daniel Hernandez.
A make é básico e praticamente imperceptível. A pele é uniforme, com pouco corretivo. Tudo muito clean. Nada nos olhos, apenas as sobrancelhas são levemente marcadas por sombra clara. Os cabelos aparecem soltos, chapados, com detalhes frisadinhos nas pontas. Então pele perfeita e cabelo solto, com textura desarrumadinha, de quem acordou e saiu.



A 5a. a desfilar é a British Colony.


Maxime Perelmute, que se inspirou no filme Steve Zissou, foi muito aplaudido ao final, trouxe na paleta de cores o vermelho, o amarelo, azul acinzentado, cáqui, preto e branco. A marca trouxe o universo naval e de pescaria para o inverno na passarela. Com estampas digitais representando a vida aquática. A divisão se deu com modelos femininos usando botas caubói, maxi saias e cinto de fivelas e modelos masculinos com sapatos nas cores mais alegres, com paletós estampados. A peça chave foi o gorro de cor neutra e o colar de isca artificial. 



Beleza. Daniel Hernandez. Batom vibrante (Ruby Woo, da MAC) para alegrar a maquiagem e o cabelo básicos.

Ainda vem mais coisa bacana por aí.... (o 3o. dia)

Nenhum comentário:

Postar um comentário